Quantidade de Páginas visitadas

Escolas de Portugal vão ensinar Programação



EXAME INFORMÁTICA

Portugal

O Ministério da Educação vai testar a inclusão dos rudimentos da programação nos primeiros anos do ensino básico durante o ano letivo 2015-2016. Na Direção Geral de Educação, está a decorrer uma fase de candidaturas para escolas que pretendam lecionar linguagens de programação de interface gráfica junto de alunos do 3º e 4º anos de escolaridade.

No final de março, o projeto-piloto conhecido como Iniciação à Programação no 1º Ciclo do Ensino Básico já contava com 65 escolas inscritas. O projeto, que pode funcionar como um primeiro passo para a inclusão dos rudimentos de programação nos currículos do ensino básico, não fixa qualquer limite ao número de escolas que poderão lecionar programação – pelo que o número de escolas aderentes poderá ainda aumentar nos tempos mais próximos.

Nas escolas, as linguagens de programação Kodu e Scratch poderão ser lecionadas como complemento às atividades letivas “tradicionais” ou como ocupação de tempos livres.

Para preparar o ensino da programação juntop dos mais novos, a Direção Geral de Educação irá avançar com a formação de professores no que toca «ao pensamento computacional, práticas de sala e linguagens de programação Kodu e Scratch». Esta formação deverá decorrer entre junho e julho.

O Kodu e Scratch são as duas linguagens de interface gráfica (comandos por objetos, que não exigem códigos) mais populares do mundo.







Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito